Flexibilidade é essencial

Flexibilidade é essencial

Linhas de produção flexíveis e capazes de produzir diferentes tipos de produtos sem a necessidade de novos investimentos ou setups demorados já eram uma demanda em alta no mercado de beleza. Com a crise do coronavírus, contar com essa flexibilidade passou a ser essencial


Com as limitações de mobilidade, regras de distanciamento social e boa parte do comércio fechado, da noite para o dia o mercado de cosméticos e higiene pessoal (junto com todos os outros), foi surpreendido pela pandemia do Coronavírus.

Com o mercado em grande parte parado, uma alternativa para muitas empresas conseguirem manter ao menos parte do negócio rodando, foi a de olhar para duas das poucas categorias de beleza e higiene pessoal que apresentaram um boom de consumo que superou em muitas vezes a oferta: as de álcool em gel e sabonetes, inclusive os líquidos.

O crescimento na demanda por esses dois itens foi tanto, que mesmo quem nunca pensou em entrar nessas categorias, precisou rever seus planos e correr para produzir esses itens. Nessa hora, quem contava com uma linha de produção flexível, com equipamentos versáteis se deu bem.

No caso da indústria de beleza, essa flexibilidade passa pela escolha dos equipamentos corretos para a linha de produção como, por exemplo, um reator com sistema interplanetário de bateção como o patenteado pela Topp Inox, marca líder na fabricação de equipamentos para linhas de produção de produtos de higiene pessoal e cosméticos.

Fundada em 1990 e com sede em Uberaba (MG), a Topp Inox faz parte do Grupo Motorque, companhia 100% brasileira que oferece soluções industriais completas para as empresas do mercado de beleza.

Diferentes resultados. Um único sistema
Uma empresa de higiene pessoal e cosméticos produz diversos produtos, como shampoos, cremes para o rosto e sabonetes líquidos. Cada um desses itens tem uma viscosidade diferente. Com o sistema interplanetário da Topp Inox é possível fabricar produtos de alta qualidade e obter diferentes viscosidades, de acordo com a necessidade de cada item, sem a necessidade de mudanças na linha de produção.

Em linhas gerais, num reator com sistema tradicional, você tem a hélice girando sempre em um único sentido. Mas, para obter a viscosidade ideal de cada produto, muitas vezes, é necessário um tipo de bateção diferente. Ao operar tanto em sentido horário como em sentido anti-horário, o sistema interplanetário patenteado pela Topp Inox garante agilidade na produção.

Parece um mero detalhe, daqueles que quem lida com o negócio ou olha a empresa como um todo, não vê muito sentido em dar atenção num primeiro momento, mas que faz toda a diferença no tempo e no custo da produção, sem falar na qualidade final dos produtos que vão ser envasado.
 
Quer um exemplo prático disso?
 
Enquanto com o sistema tradicional, você leva de 70 minutos até 80 minutos, a mesma produção fabricada em reatores equipados com o sistema interplanetário da Topp Inox é feita em cerca de 20 minutos. "Quando os clientes fazem a conta da produtividade, do custo x benefício, eles conseguem ver claramente que os reatores da Topp Inox saem muito mais barato. Seria necessário ter o dobro de reatores tradicionais da concorrência para produzir o mesmo que os nossos produzem", garante Mendes de Oliveira Filho, fundador e presidente da Motorque, lembrando que ao dobrar o número de reatores, a empresa dobrar também mão de obra e outras linhas para dar sequência à produção nos reatores.

 

Um ponto importante do sistema interplanetário da Topp Inox é que os manipuladores que operam no chão de fábrica dizem que cada produto precisa ser preparado a uma determinada velocidade e numa determinada intensidade. Assim, tem produtos que atingem a viscosidade correta em sentido horário, enquanto outros, que precisam de mais "agitação", por exemplo, vão atingir o ponto correto com o sistema batendo o produto de um lado para o outro. Além disso, o processo com o sistema interplanetário garante mais homogeneidade ao produto, um fator fundamental, em diferentes tipos de viscosidade.
 

 
Crescendo com os clientes

A história do desenvolvimento do sistema interplanetário é prova de uma das características mais marcantes no grupo Motorque: a proximidade com o cliente. Originalmente, o sistema foi pensado para retirar a espuma da produção de shampoos de um importante cliente da empresa em Minas Gerais, na época, um dos maiores fabricantes do produto no País. "Acontecia que quando se batia o shampoo no reator, o Lauryl (um surfactante muito utilizado em produtos de higiene) fazia muito espuma. Com o sistema interplanetário, esse problema foi eliminado", lembra Helton. Desde então, a Motorque aprimorou o sistema, cuja patente é garantida até 2033. E, como os aprimoramentos e inovações são constantes, Helton garante que a Motorque está trabalhando para estender a patente por mais 10 anos.

Sonho de consumo
Os atributos de qualidade e inovação fazem dos reatores da Motorque uma espécie de "sonho de consumo" para muitos clientes do mercado, que sabem que vão garantir em suas fábricas menor tempo de produção, mais qualidade e maior produtividade. Além do Brasil, os reatores da Topp Inox estão em fábricas de cosméticos e higiene pessoal em mercados como os Estados Unidos, Oriente Médio, Chile, Bolívia e Paraguai.

A confiabilidade é outro ponto forte dos reatores da Topp Inox. Em trinta anos de mercado, Helton garante que já recebeu entre 30 e 40 reatores da concorrência na base de troca em empresas que migraram para os produtos do Grupo Motorque.  "Agora, você não encontra um reator da Motorque usado, porque o nosso produto não dá problema. As empresas só trocam com a gente quando querem outro reator nosso maior no lugar", reforça o fundador da companhia brasileira.

A linha da Topp Inox é versátil para atender empresas de diferentes portes e que operam em diferentes categorias. O s reatores da empresa vão dos menores de 30 litros até os com 15 mil, 20 mil litros de capacidade.

Helton explica que muitas empresas grandes, compram os reatores menores para linhas de desenvolvimento e para fazer produções testes. Esses mesmos reatores menores, de 200 litros, por exemplo, também são muito utilizados nas linhas de produção de produtos de maior valor agregado, como produtos dermocosméticos.

Linha completa para produção cosmética

Com a expertise da Motorque no desenvolvimento de reatores e a convivência com os clientes no chão das fábricas e nos laboratórios de desenvolvimento, a empresa evoluiu com os seus negócios e hoje oferece equipamentos e soluções para colocar de pé uma linha de produção ou até mesmo uma fábrica inteira para os seus clientes, inclusive com linhas de água deionizada. Além dos reatores da Topp Inox, o Grupo Motorque fabrica e instala as caldeiras, as esteiras além de todos os sistemas de tubulação de agua tratada, vapor e rejeitos industriais. "Deixamos a linha 99% funcionando tanto no mercado nacional como no internacional. Fazemos toda a montagem dentro das normativas da ANVISA e seguindo todas as normas de segurança e meio ambiente preconizadas por órgãos como o Corpo de Bombeiros e dos órgãos ambientais e de vigilância sanitária de todos os estados brasileiros. Parceiros que já fazem a validação em todas as linhas de montagem também. Entregamos a fábrica pronta para operar", explica o empresário.
 
Todos os itens são fabricados na unidade industrial da Motorque em Minas Gerais, nada é terceirizado. "Fabrico desde o tanque pulmão até as máquinas de envase com até 16 bicos; o sistema de resfriamento com água gelada (circulação de 1 a 0 grau), segundo as normas de meio ambiente e recirculação em circuito fechado (vapor e água gelada)", diz o empresário. A limpeza é feita pelo sistema PIG, um circuito fechado de limpeza e de tratamento que funciona por ar comprimido tratado e descontaminado. Como os tanques e tubulações das Topp Inox são produzias com montagem de solda submersa, não existe risco de contaminação externa no processo.
 

Helton explica que para uma empresa média, é possível montar uma linha de produção completa em 120 dias, e que como o processo é feito seguindo as normativas dos órgãos reguladores, geralmente as liberações acontecem ao mesmo tempo. Com base na sua experiência o processo de autorização de funcionamento só demoram quando o projeto não é bem desenhado.

 
O sucesso das soluções do Grupo Motorque pode ser encontrado em fábricas como as da fabricante de dermocosméticos Bioage, que além de sua marca própria terceiriza dermocosméticos para marcas locais e internacionais; da Cless, dona das marcas Charming, Salon Opus e Lightner; e na nova fábrica da Hinode, um dos maiores projetos realizados pela Motorque. "Quando nossos clientes que usam reatores de outras marcas recebem o primeiro reator da Topp Inox, em geral, eles mandam trocar tudo", orgulha-se Helton. "Quando empresas de sucesso, como essas, começam a ver o funcionamento dos nossos reatores eles resolvem optar por todo o nosso sistema moderno, com placa de fluxo de transferência de um reator para duas, três ou mais linhas de envase", lembra. Esse sistema moderno também já está em operação nas fábricas de marcas como Skala, Kanechomm, Alfaparf, Farmax, Bonyplus e Biodomani. "Meus clientes são todos os mesmos, só surgem novos, como a Salon Line, cuja nova fábrica roda com equipamentos da Motorque", conclui Helton. "Meus clientes são todos os mesmos, só sur¬gem novos, como a Salon Line, cuja nova fábrica roda com equipamentos da Motorque", conclui Helton. Além disso, o Grupo Motorque atende aos principais terceiristas do Brasil, como a Lange, Age Cosméticos, Naturelle, Rental Y, Athenas, DNA, Coferly, Total Performance, Super Nova, NK, Original e Essendy.


A Motorque atende em todo o território nacional e oferece condições de pagamento e financiamento facilitadas. Saiba mais em www.toppinox.com.br ou mande um whatss app para (34) 98899-6195.


}

Comentários ()