Contém 1g tem processo de recuperação judicial deferido e já planeja reorganização de sua operação

Contém 1g tem processo de recuperação judicial deferido e já planeja reorganização de sua operação
A empresa brasileira Contém 1g, em seu início focada em comércio varejista e que recentemente ingressou no marketing multinível, entrou em processo de recuperação judicial, durante a primeira semana de agosto.

O pedido foi deferido pela Justiça na terça-feira, dia 31 de julho. Ao entrar no mercado de marketing multinível, em 2016, a dívida da marca chegou a R$40 milhões de reais. E, por mais que um ano depois, o faturamento tenha chegado a R$114 milhões, a necessidade de reestruturação ainda permaneceu. "O problema não foi a queda nas vendas, mas a redução de margem de lucro da companhia. A empresa fez mais negócio do que tinha capacidade para administrar. Se não tem uma estrutura forte, acaba se endividando de forma desordenada para arrumar capital de giro", afirmou Otto Gübel, advogado da empresa. 

O advogado ainda afirmou que os funcionários diretos da empresa, cerca de 100, não serão demitidos, pois, objetivo é que a rede continue funcionando e atendendo aos franquiados. Com a recuperação judicial, as dívidas ficam suspensas e a Contém 1g ganha tempo para conseguir respiro.  "O processo não gera alteração no funcionamento das unidades franqueadas. Se tem algo que queremos fazer é proteger o interesse dos franqueados e manter a entrega de produtos de forma normal", afirma Gübel. 

A tendência é que o modelo do marketing multinível seja abandonado por ora, visto que, por mais que tenha trazido um bom impulso às vendas, o custo operacional também fez com que a dívida ficasse maior. O prazo para a apresentação do plano é de 60 dias, que segundo os representantes, será formulado de forma conjunta com os credores.

Compartilhe

Comentários ()

© 2012 • Cosmética News. Todos os Direitos Reservados • Desenvolvido por Index Software

Voltar ao topo