Emergentes turbinam vendas da Givaudan

Vendas da divisão de fragrâncias da empresa foram de 2,021 bilhões de francos suíços. Resultado é 10,3% superior ao de 2011


A casa de fragrâncias e aromas suíça Givaudan, divulgou hoje (5/2) os resultados do ano de 2012. As vendas da empresa somaram 4,257 bilhões de francos suíços (R$ 8,75 bilhões pela cotação de hoje), resultado 8,7% superior ao do ano passado. Em moedas locais, o crescimento foi de 6,6%. Regionalmente, o destaque no balanço da empresa foi a América Latina, que apresentou crescimento em moedas locais de 21,6%, para 570 milhões de francos suíços. Ásia-Pacífico, avançou 8,6%, enquanto Améroca do Norte e Europe, África e Oriente Médio, cresceram 2,6% e 3%, respectivamente, em moedas locais.

A divisão de fragrâncias apresentou resultado superior ao da divisão de aromas. No ano, o crescimento acumulado foi de 10,3%, ou de 8,4% em moedas locais. Os bons resultados da divisão foram impulsionados pelas vendas de fragrâncias para produtos de consumo, que cresceram 12,1% em moedas locias, impulsionadas por crescimento de dois dígitos na América Latina e na Ásia-Pacífico, e pela boa performance nos segmentos de Oral Care e limpeza industrial.

As vendas de fragrâncias finas, avançaram 4.2% em moedas locais. O resultado foi positivo por conta da forte performance na América Latina e na Europa, que superaram o fraco desempenho da empresa nos Estados Unidos e no Canadá. A unidade de ingredientes para fragrâncias também teve bons resultados na América Latina e na Ásia-Pacífico, o que não foi suficiente para evitar uma queda de 3,9% nas vendas desse segmento.
}

Comentários ()

Vídeo em Destaque

VEJA TODOS OS VÍDEOS

Blogs

Tags