Um prêmio diferente

Um prêmio diferente

Num ano em que todos fomos postos à prova, o 28º Prêmio Atualidade Cosmética ganha importância simbólica ainda maior, quando a superação fez do mercado cosmético brasileiro o maior vencedor

Idealizado há quase três décadas por José Luiz de Paula Junior, o Prêmio Atualidade Cosmética consolidou-se através dos anos como um dos eventos mais aguardados do calendário voltado ao mercado da beleza no Brasil. Criado com a proposta de estimular o desenvolvimento e a inovação da indústria  cosmética local premiando produtos, empresas e reconhecendo o trabalho dos profissionais que movimentam o setor. Não demorou muito para que o evento ganhasse o título de “Oscar” do mercado cosmético brasileiro.

Quando de sua primeira edição, realizada no ano de 1994, a indústria da beleza e de cosméticos brasileira vivia um momento de florescimento e, ao mesmo tempo, de grandes dúvidas, com a abertura do mercado  tupiniquim para produtos e insumos importados. “Os desafios se tornaram maiores para as marcas brasileiras com a disponibilidade de mais produtos importados competindo no mercado local”, lembra Sueli Cusma, sócia-fundadora da Cusman Editora e coordenadora do Prêmio Atualidade Cosmética.

Se as importações fizeram aumentar a concorrência, elas também trouxeram oportunidade de evolução, já que as indústrias locais passaram a ter acesso a matérias-primas e embalagens importadas, o que lhes permitiu dar um grande salto de qualidade em relação ao que se tinha disponível por aqui até então.

De lá pra cá, o evento se tornou um importante instrumento de fortalecimento do mercado, antecipando tendências, revelando talentos e comprovando o amadurecimento de uma indústria em constante evolução, por meio de criteriosos processos de avaliações técnicas. “Acreditamos no potencial e no prestígio do Prêmio Atualidade Cosmética que fomenta o trabalho de parceria com os clientes, associa grandes nomes da indústria, viabiliza a presença de novas marcas e difunde inovações que fazem o mercado acontecer”, declara Michel Ulloa, gerente Comercial para América Latina, da casa de fragrâncias Cramer, patrocinadora Diamante do 28º Prêmio Atualidade Cosmética.

A diretora de Marketing do Grupo Pierre Fabre, dono das marcas Avéne e Darow, Flavianne Baptista segue na mesma linha. “O evento?tem papel essencial para motivar nossa indústria – seja uma empresa jovem ou um player tradicional – a investir constantemente em pesquisa, inovação, tecnologia e um olhar atento ao consumidor brasileiro, suas características, sua diversidade, suas necessidades em beleza e saúde e entregar produtos que?superem suas expectativas”.


Testemunha ocular
Mais que uma plataforma para que profissionais e empresas tenham seu empenho reconhecido a cada ano, o Prêmio Atualidade Cosmética é também um testemunho do desenvolvimento e inovação do setor em ação. Sua história se confunde com a história da própria indústria da beleza nas últimas décadas, com uma média de cerca de 160 inscrições de linhas e produtos anualmente. “É importante destacar que essas inscrições são feitas por empresas de todos os portes – das grandes multinacionais até pequenas empresas locais – e de todas as regiões do País”, observa Sueli .

O que explica não só o respeito que a premiação conquistou através de sua história, como também as expectativas do setor com as indicações. “Recebemos essa notícia com muita felicidade, orgulho e energia renovada. Felicidade por coroar o trabalho de um time e parceiros apaixonados e engajados em só entregar o melhor para nossos consumidores e consultores, que são exigentes e esperam produtos com o mais alto grau de inovação e qualidade”, conta Mirella Mentone, do Grupo Hinode. 

“Orgulho por sermos reconhecidos entre as melhores empresas do setor e com isso chancelar ainda mais nossa posição de Multinacional Brasileira com ambições de levar nosso poder de transformação para o mundo. Tudo isso nos faz renovar nossa energia e continuar nossa trajetória honrando nossas bases e história e construindo um futuro rumo à nossa expansão global, mesmo num momento tão desafiador” completa.

Orgulho também é a palavra utilizada por Flavianne Baptista, da Pierre Fabre, o significado da indicação dos produtos da marca ao prêmio. O Grupo Pierre-Fabre é pioneiro na indústria de dermocosméticos e há mais de 50 anos desenvolve produtos e soluções inovadoras guiados por muitos estudos, desenvolvimento de novas moléculas e constante investimento em ciência e tecnologia. ”Nossas marcas são líderes na Europa em seus segmentos, e temos o mesmo objetivo no mercado brasileiro. Estas indicações mostram que estamos acertando”, completa.

Não é sem uma ponta de emoção que Sueli Cusma lembra um elemento dos mais importantes na constatação do quanto a premiação se tornou importante para os personagens que protagonizam essa história. “Um aspecto importante acerca do Prêmio são os discursos emocionados dos vencedores e da reação de contentamento dos finalistas. Para nós, organizadores, essa é maior afirmação de que estamos no caminho certo”, declara.


O Prêmio em tempos de Pandemia
A mais importante premiação da indústria cosmética chegou à sua 28ª edição num ano em que o mundo inteiro foi posto à prova. Com o advento da pandemia e a crise sanitária global. Se levar à cabo um evento de tamanha envergadura não é fácil em tempos normais, é de se perguntar se o contexto de crise sanitária não teria levado a pensar num cancelamento ou adiamento. Segundo a sócia-fundadora da Cusman, isso nunca passou pela cabeça da equipe. “A decisão de manter a realização do evento foi tomada analisando o seu histórico e a sua missão. Depois de avaliar a situação concluímos que não poderíamos deixar de prestar esse reconhecimento às empresas que movimentaram o mercado, principalmente esse ano”, explica.

Realizar todos os processos de uma premiação de tamanha importância, num contexto de pandemia demanda esforço extra, com desafios ainda mais ousados a ser driblados. “A equipe que trabalha na organização do evento sempre foi pequena, mas com os anos adquirimos known how e definimos uma métrica de trabalho que o torna mais fluente. Com o distanciamento social e a equipe reduzida, tivemos que nos reinventar e nos planejamos para atender as mais importantes fases da organização do evento”, conta Sueli.

A princípio o maior desafio foi em relação às avaliações, para as quais foram criados procedimentos a fim de manter os jurados em segurança durante as análises. 

Nos anos anteriores as avaliações eram realizadas em laboratórios cedidos pela Faculdade Oswaldo Cruz, demandando cerca de uma semana para a sua realização. Neste ano, as dependências da faculdade estavam fechadas devido à pandemia. “Escolhemos um local alternativo, que garantisse a segurança dos jurados. Assim, as avaliação foram feitas no Auditório da JLPaula Jr – espaço de criação e design do idealizador do Prêmio Atualidade Cosmética – por ser um espaço amplo e bem arejado”, explica Sueli Cusma.

Os critérios da votação continuaram os mesmos, mas os seus processos tiveram que se adequar aos protocolos de segurança. As avaliações foram realizadas no decorrer de um mês inteiro, com a presença de, no máximo, três jurados por período, de manhã e a tarde. “Os jurados são uma das chaves mestra para a realização deste evento Essa foi a fase mais trabalhosa, mas tudo transcorreu conforme o planejado,sem nenhuma surpresa durante ou depois de finalizada”, emenda.

A empreitada, principalmente em dias como os que vivemos em 2020, seria ainda muito mais difícil sem o apoio dos patrocinadores, lembra Sueli. “A colaboração de nossos patrocinadores sempre foi de extrema valia. Além do prestigio que eles auferem ao evento os patrocinadores mantiveram seu apoio durante o ano. E a confiança depositada pelos patrocinadores do evento é uma grande motivação para seguir em frente”.

Segundo Ulhoa, colaborar para que o evento aconteça é muito significativo e satisfatório para a Cramer. “Integrar-se no evento que é considerado o ‘Oscar’ da cosmética do Brasil para nós é uma excelente oportunidade de celebrar as capacidades e talentos dos profissionais do setor, estar ao lado dos nossos clientes, acompanhar seus desenvolvimentos, compartilhar ideias e comemorar suas conquistas”, afirma.

Mesmo enfrentando um cenário que soma, além da crise da Covid-19, a retração econômica com o aumento dos preços e atraso na entrega de insumos básicos, a indústria cosmética, apesar do adiamento no lançamento de novos produtos num primeiro momento, soube analisar a situação e retomar com força o calendário de novidades, o que demandou muita coragem, ousadia, esforço e perseverança redobrados.

“A indústria não para, por isso se faz tão necessário e fundamental o reconhecimento da persistência, dedicação e empenho das empresas e das marcas, que para atravessar este momento desafiador e inédito demonstraram muita força e comprometimento com seus propósitos”, reafirma Ulhoa da Cramer.

Foi em honra a essa força do setor que os organizadores do 28º Prêmio Atualidade Cosmética tiveram a certeza de que, mais do que nunca, o evento precisava acontecer, comprovando seu compromisso com o setor.


Vitrine Viva
A diversidade de marcas e produtos que reflete a qualificação do mercado brasileiro, sempre esteve presente no “Oscar” da cosmética brasileiro. “Acreditamos que um ambiente com excelentes competidores, éticos e focados em fazer um mercado melhor é bom para todos, estimula as melhores práticas e trocas, por isso, muito importante termos um prêmio inclusivo e que todos tenham espaço para se destacar”, declara Michelle do Grupo Hinode.

“O evento tem papel essencial para motivar nossa indústria, seja a empresa jovem ou tradicional, a investir constantemente em pesquisa, inovação, tecnologia e um olhar atento ao consumidor brasileiro, suas características, sua diversidade, suas necessidades em beleza e saúde e entregar produtos que?superem suas expectativas”, corrobora Fabianne da Pierre Fabre.

Segundo Sueli Cusma o Prêmio Atualidade Cosmética há anos vem refletindo a evolução do mercado, com o surgimento de novas empresas, startups e indie brands com propostas de valor inovadoras para o mercado, confirmando o papel do evento como vitrine da evolução do setor no Brasil. “O Prêmio Atualidade Cosmética é também um caminho para essas empresas se apresentarem para o mercado ao lado de grandes marcas, e o que se pode observar é que essas empresas já nascem com propostas de valor e posicionamento bem definidos, lançando produtos de qualidade, para nichos específicos, e naturalmente na avaliação criteriosa e justa elas despontam como finalista e mesmo vencedoras na sua primeira participação”, acredita a coordenadora da premiação.

Prova disso é a quantidade de marcas novas entre os indicados nas edições mais recentes da premiação. Algumas delas, sequer existiam nas primeiras edições do Prêmio. É o caso da marca mineira K Constâncio que, com apenas um ano de atividade, já aparece entre os finalistas em três indicações. “Somos uma empresa jovem, mas formada por profissionais com mais de 30 anos de experiência no setor. Para nós, recebermos as indicações reflete a seriedade e a transparência do evento. Temos a certeza de que os vencedores serão merecedores da premiação porque passaram por diversas etapas de avaliação. Com certeza o simples fato de estarmos na final já nos dá a segurança e o reconhecimento de que estamos no caminho certo”, declara Célia Anrelink, gerente de Marketing e Inovação da empresa.

Outro exemplo é a NVAA, criada no ano passado, e que já viu dois de seus produtos indicados na categoria Banho e Higiene. “As indicações nos encheram de alegria e orgulho para seguir nossa jornada. Muito especialmente por sermos indicados numa categoria muito importante para a empresa e competindo com grande players do mercado. Isso é uma grande conquista, principalmente, levando-se em conta ser uma premiação tão conceituada e já na sua 28º edição”, diz Fabi Giralt, co-fundadora da empresa que se especializa em produtos com propriedades veganas voltados para todas as fases da mulher.

Com cinco perfumes indicados em três categorias diferentes, a Amyi é outra startup que merece destaque entre os finalistas. “Foi com uma imensa alegria que recebemos a notícia das indicações. Nos sentimos privilegiados, pois o reconhecimento dos jurados do Prêmio Atualidade Cosmética, confirmam que nossas produtos realmente se destacaram no mercado”, Conta Larissa Mota, co-fundadora da empresa. “Nem temos palavras para descrever a importância de fazer parte desse prêmio. De ter recebido esse reconhecimento, que foram as indicações, principalmente num ano tão difícil como foi o de 2020”, completa.

E é mais uma vez Sueli Cusma quem atesta a importância dessa diversidade para os organizadores. “A diversidade de empresas inscritas nos favorece uma vez que com elas podemos nos atualizar e seguir adequando as categorias do Premio Atualidade Cosmética, observar novas tendências, analisar quais segmentos de mercado demandam maior interesse das empresas, e a sua qualificação e, pode então  oferecer de forma justa a oportunidade de empresas recém-chegadas serem vencedores do Premio Atualidade cosmética por seu próprio mérito”.

Sendo assim, num ano que exigiu tanto de todos, são premiáveis inscritos, finalistas e vencedores, sem distinção. Sendo assim, a realização do 28º Prêmio Atualidade Cosmética chega como um troféu dedicado à própria indústria, vencedora do Oscar na categoria superação.

}

Comentários ()

Vídeo em Destaque

VEJA TODOS OS VÍDEOS

Blogs

Tags