Receita do comércio eletrônico cresce 20% no trimestre de acordo com estudo da Salesforce

Receita do comércio eletrônico cresce 20% no trimestre de acordo com estudo da Salesforce
O SalesforceShopping Index analisa dados da atividade de mais de um bilhão de compradores globais e mostra uma mudança dramática da compra e navegação física para a digital.


De acordo com o relatório sobre compras digitais Shopping Q1 Index , realizado pela Salesforce - empresa global de sistemas de CRM -, o primeiro trimestre de 2020 viu as vendas realizadas por meios digitais crescerem 20%, com 16% de incremento no tráfego digital e de 4% nos gastos dos compradores (valor médio por visita), em comparação ao mesmo período de 2019.

Com as lojas físicas não essenciais fechadas nos principais mercados do mundo (desde o final de janeiro até março na China e em parte da Ásia; e desde março no Ocidente), os consumidores tiveram que recorrer às lojas online para fazer suas compras.

Nos primeiros três meses do ano o número de compradores digitais únicos cresceu 40% em relação ao mesmo período do ano passado. O relatório destaca que o primeiro trimestre começou bastante consistente em relação aos anos anteriores, mas que os últimos 15 dias de março registraram um aumento de 41% na receita digital. Esse aumento mostra o impacto da pandemia nas compras online. A demanda por bens essenciais, como alimentos e itens de cuidado e higiene pessoal, cresceu exponencialmente no primeiro trimestre, especialmente entre os dias 10 e 20 de março, quando esse tipo de compra aumentou 200% nos canais digitais. Além dos produtos essenciais, outras categorias aumentaram significativamente as vendas no primeiro trimestre de 2020, incluindo itens de vestuário.

Mas a Salesforce chama atenção para o fato de que o aumento nos gastos digitais veio acompanhado de grandes descontos oferecidos por marcas e varejistas para impulsionar a demanda e liquidar os estoques. As taxas de desconto nos EUA subiram para 34% em meados de março - bem acima dos descontos observados durante a Cyber Week. Essa tendência foi refletida globalmente quando março se tornou um mês crítico para conter o vírus em todo o mundo.

Embora as vendas digitais não supram as perdas com as vendas físicas, elas já estão ajudando a cobrir parte do prejuízo. Segundo o relatório, o movimento de crescente adoção e uso do digital será uma constante mesmo após o fim do isolamento.

O Shopping Q1 Index analisa a atividade de mais de um bilhão de compradores em mais de 34 países suportados pelo Commerce Cloud, plataforma de e-commerce da Salesforce, com foco em 10 mercados: EUA, Canadá, Reino Unido, Alemanha, França, Espanha, Japão, Holanda, Austrália/Nova Zelândia e países nórdicos.

Compartilhe

Comentários ()

© 2012 • Cosmética News. Todos os Direitos Reservados • Desenvolvido por Index Software

Voltar ao topo