RaiaDrogasil adquire Onofre e amplia liderança no varejo farma brasileiro

RaiaDrogasil adquire Onofre e amplia liderança no varejo farma brasileiro
Exatamente seis anos depois de a CVS Health Corporation comprar a Drogaria Onofre por R$ 700 milhões e desembarcar no Brasil, a rede norte-americana de farmácias está perto de deixar o País. Isso porque, a RaiaDrogasil anunciou na última terça-feira (26/2) a compra de 100% do capital social da rede paulista, que possui 50 unidades, sendo 47 delas em São Paulo, duas no Rio de Janeiro e uma em Belo Horizonte.

A Onofre alcançou uma receita bruta de R$ 479,4 milhões em 2018, enquanto a RaiaDrogasil, conta com mais de 1.800 lojas em 22 estados, tendo inaugurado 240 novas unidades no ano passado e apresentando uma receita bruta de R$ 15,5 bilhões. Já a CVS tem um faturamento de US$ 194,8 bilhões e conta com 10 mil lojas nos Estados Unidos.

Além da possibilidade de ampliar ainda mais sua expansão física pelos bom pontos que possui a Onofre, a aquisição por parte da RaiaDrogasil permitirá à rede ampliar o alcance à Classe C e intensificar sua atuação no e-commerce, já que a Onofre optou por aumentar o investimento neste canal no ano passado e, hoje, o comércio eletrônico representa a maior parte da rede até então controlada pela companhia norte-americana.

Percalços no caminho

Desde que adquiriu a Onofre, a CVS enfrentou algumas dificuldades que foram decisivas para o atual desfecho. O momento mais tenso desta relação aconteceu em 2016, quando os norte-americanos tiveram até de entrar na Justiça por conta de questões trabalhistas e fiscais que não haviam sido comunicadas na época das negociações pela família Arede, fundadora da Onofre. 

Naquele ano, frente ao prejuízo global que estava tendo, surgiram fortes boatos de que o grupo estaria tentando adquirir o Grupo DPSP para reverter a situação, mas sem sucesso. Até por isso, optaram então em se dedicar de maneira mais incisiva ao e-commerce. Além disso, a controladora não conseguiu tocar adiante seu projeto de expansão para a rede, que inaugurou menos de dez lojas desde a chegada CVS. Tudo isso fez com que a varejista norte-americana passasse a desejar encontrar um caminho para a Onofre, para assim se retirar de vez do Brasil.

Segundo comunicado emitido pela RaiaDrogasil a seus investidores, "O preço de compra das quotas da Onofre é imaterial e sujeito a ajustes usuais em operações desta natureza decorrentes de caixa mínimo e variação de capital de giro e EBITDA. A Companhia não espera, com bases nas suas estimativas, realizar qualquer desembolso financeiro aos atuais quotistas da Onofre por conta da Aquisição".

A aquisição está sujeita ao atendimento de certas condições precedentes usuais em operações desta natureza, em especial a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE). A RaiaDrogasil estima que a negociação possa ser concluída em até 120 dias.

Compartilhe

Comentários ()

© 2012 • Cosmética News. Todos os Direitos Reservados • Desenvolvido por Index Software

Voltar ao topo