L'Oréal fecha 2018 próxima dos 27 bilhões de euros em vendas

L'Oréal fecha 2018 próxima dos 27 bilhões de euros em vendas
Operação brasileira fechou o ano passado com aproximadamente 670 milhões de euros em vendas, respondendo por cerca de 37% dos negócios da gigante francesa na América Latina


A francesa L'Oréal, maior empresa de beleza do mundo, fechou 2018 com o maior crescimento dos últimos anos. As vendas atingiram a marca de 26,9 bilhões de euros, com crescimento orgânico (considerando a mesma estrutura do ano de comparação) de 7,1% e de 8% quando desconsiderada a variação cambial do período. O crescimento reportado no balanço foi de 3,5% no ano.

A empresa também alcançou sua melhor margem nos últimos anos. O lucro operacional foi de 4,92 bilhões de euros, com margem operacional de 18,3%. O lucro líquido no ano foi de 3,89 bilhões de euros, 8,8% superior ao de 2017.

"Em um mercado de beleza que acelerou significativamente em 2018, a L'Oréal marcou seu melhor ano de crescimento desde 2007. Todas as divisões estão crescendo, especialmente a L'Oréal Luxo e a L'Oréal Cosmética Ativa, que registraram crescimento de dois dígitos", comemora Jean-Paul Agon, chairman e CEO da companhia.

Em termos de geografia, os resultados variaram, com os novos mercados obtendo o melhor resultado desde 2007, e a Ásia-Pacifico, impulsionado pela China superando a América do Norte, com vendas de 7 bilhões de euros. Na Europa Ocidental, o progresso foi travado por dificuldades em alguns mercados, enquanto o crescimento na América do Norte melhorou em comparação com o ano anterior. 

A operação Brasileira, fechou o ano com passado com aproximadamente 670 milhões de euros em vendas, respondendo por cerca de 37% dos negócios da gigante francesa na América Latina. Das principais moedas estrangeiras com as quais a L'Oréal trabalha, o real foi a que apresentou a maior desvalorização na comparação com 2017, de 16,3%. O País viu as vendas da divisão Profissional, confirmarem retomada do crescimento.  Já na divisão de Grande Público, a maior da empresa por aqui, vem sofrendo com os desafios do mercado local, embora, de acordo com a empresa a performance tenha melhorada no segundo semestre do ano. Na L?Oréal Cosmética Ativa, as vendas no Brasil avançaram 12% em moeda local.

Na América Latina como um todo, as vendas apresentaram resultado negativo de -0,4 (orgânico) e de -8,6% (reportado), mas cresceram 7,2% em moedas locais. Em julho foi feito um ajuste relacionado com a hiperinflação na Argentina, que teve um impacto negativo de dois pontos percentuais no resultado orgânico da região.

Agon também destacou o forte avanço daqueles que são considerados os dois mais poderosos drivers de crescimento da empresa. O e-commerce avançou 40,6%, e agora representa 11% das vendas do grupo. O Travel Retail superou a marca dos 2 bilhões de euros, com aumento de 27,1%.

Em termos de categorias, a empresa mais do que compensou o arrefecimento nas vendas globais de maquiagem com um forte avanço na categoria de cuidados com a pele, outra fortaleza da companhia

Compartilhe

Comentários ()

© 2012 • Cosmética News. Todos os Direitos Reservados • Desenvolvido por Index Software

Voltar ao topo