Emoção marca entrega do Troféu Aparício Basílio da Silva no 21º Prêmio Atualidade Cosmética

Um dos ápices da grande noite do 21º Prêmio Atualidade Cosmética, realizado no último dia 5 de novembro, no Teatro Bradesco, em São Paulo, foi a entrega do Troféu Aparício Basilio da Silva – Criação Perfumística Nacional, nas versões masculina e feminina. Esta premiação visa – além de homenagear Aparício Basilio da Silva, um dos pioneiros do ramo da perfumaria – gratificar não apenas a indústria que carrega o nome do produto, mas principalmente os perfumistas e as casas de fragrâncias que atuaram na confecção do perfume.

Neste ano, os grandes vencedores foram: a perfumista Verônica Casanova, da casa de fragrância IFF, com a criação de Coffee Man Passione (O Boticário), que levou o troféu pela Criação Perfumística Latino-Americana Masculina; e Olivier Paget, da casa de fragrância Mane, pela criação de Overdose Women (Racco), que ficou com o Troféu Aparício Basílio da Silva, no feminino.

Dionisio Ferenc, vice-presidente para América Latina da IFF; Eloisa Mello, gerente regional de desenvolvimento da IFF em São Paulo; e Hideli Herbelha, gerente de conta da IFF, subiram ao palco para receber o troféu. “Foi um projeto especial que vem se consolidando e Coffee traz, além de tudo, inovação para a perfumaria que se reinventa com novas ideias. E é muito especial para a IFF fazer parte deste trabalho. Não posso deixar de agradecer ao time da IFF, Verônica Casanova que não pôde estar aqui hoje, mas é uma perfumista incrível, não tenho nem palavras para descrevê-la”, discursou Hideli Herbelha.

Último prêmio a ser entregue na noite, o Troféu Aparício Basilio da Silva – Criação Perfumística Latino-Americana Feminina foi um dos momentos mais marcantes da premiação. O vencedor do troféu, Olivier Paget não conseguiu esconder a satisfação e a emoção por ser premiado com a fragrância Overdose Women, da Racco. “É um grande reconhecimento, pois participo deste há muitos anos e sempre via meus amigos e amigos vindo aqui no palco vir receber este prêmio. Não sei nem o que dizer... é um processo muito trabalhoso e há muitas por trás de uma criação. Há muito sofrimento também. Realmente é um grande momento para mim, receber este prêmio na frente de todos e em um ambiente como esse”, disse o perfumista da casa de fragrâncias Mane, que encerrou seu discurso dizendo: “Brasil, eu te amo.”

Para chegar aos finalistas do Troféu Aparício Basilio da Silva, os auditores da PwC, empresa responsável pela auditoria dos resultados do evento, considerou as dez melhores notas da avaliação olfativa às cegas, de todos os perfumes femininos inscritos na categoria de perfumaria  latino-americana. Outros dez foram selecionados para o ranking de criações masculinas. Todas as fragrâncias inscritas foram reenvasadas nos laboratórios da Lange Cosméticos, uma das maiores terceirizadoras de cosméticos do Brasil.


Compartilhe

Comentários ()

© 2012 • Cosmética News. Todos os Direitos Reservados • Desenvolvido por Index Software

Voltar ao topo